Trabalho em altura

Considera-se Trabalho em altura toda e qualquer atividade realizada acima de 2m de altura com risco de queda.

O profissional de altura deve ser treinado e capacitado para exercer seu trabalho e respeitar os procedimentos determinados pela NR-35.

O uso do EPI ideal para cada caso se dá através da análise de risco da atividade que será exercida. Deve ser considerado:

- O local em que o serviço será executado e o seu entorno.

- O isolamento E a sinalização no entorno da área de trabalho.

- O estabelecimento dos sistemas e pontos de ancoragem.

- As condições meteorológicas adversas.

- O risco de queda de materiais e ferramentas.